Seomara da Costa Primo

Comenta, Critica, Sugere...

terça-feira, 13 de Novembro de 2007

Métodos e Técnicas de Investigação em Ciências Sociais.

- Método: Conceito que resulta etimologicamente da junção de dois termos gregos, Meta + Odos. Meta significa fim, objectivo e Odos significa via, caminho, meio.
Podemos então concluir que um método é um meio para atingir um fim.

O Método implica o recurso a Técnicas próprias.

- Técnicas de Investigação: Etimologicamente, Técnica significa acto, saber fazer.
As Técnicas são os processos práticos que têm por objectivo a pesquisa, a recolha e o tratamento da informação.

O investigador deve escolher o método e as técnicas que se demonstrem mais eficazes no desenvolvimento da investigação.

Ernest Greenwood propôs uma classificação simples dos métodos de investigação, amplamente divulgada e usada no domínio das Ciências Sociais.

Classificação dos Métodos de Investigação de E. Greenwood:

1 – Método Experimental,
2 – Método de Medida ou Análise Extensiva,
3 – Estudo de Casos ou de Análise Intensiva.



Em atenção ao Gabriel Zsurkis vou escrever aqui um pequeno resumo sobre a vida de um seu conterrâneo que deu um grande contributo para a evolução das Ciências Sociais.



Ernest Greenwood, nasceu em 26 de Agosto de 1910 em Kolzsvár, Transilvânia, actualmente Cluj, na Roménia. A sua mãe morreu durante a I Guerra Mundial, quando ele tinha 6 anos.

Com o crescimento do anti-semitismo, na região, a madrasta convenceu o seu pai a emigrar para os Estados Unidos da América em 1921. Faleceu a 4 de Maio de 2004, com 93 anos.

Método Experimental:
O método experimental é um método fundamental na investigação científica. Jean Piaget e Paul Fraisse - "Tratado de Psicologia Experimental" - distinguem quatro fases, ou momentos, deste processo de investigação:
- Observação - natural e científica,
- Formulação de hipóteses,
- Experimentação,
- Conclusão, elaboração e interpretação de resultados.
Método de Medida ou de Análise Extensiva:
Este método é muito utilizado para explicar um fenómeno que envolva uma população muito vasta. Devem privilegiar-se, na recolha de dados, as Técnicas de Entrevista e o Inquérito por Questionário. Deve calcular-se uma amostra, uma vez que, tratando-se de um estudo que envolve uma grande população, tornava-se impossível fazer entrevistas, ou inquéritos a toda a gente. Por isso selecciona-se um pequeno conjunto de de elementos, representativo da populaçãao alvo.
A amostra é constituída por um pequeno número de pessoas que pertencem à população e deve haver correspondência entre a estrutura da amostra e a estrutura da população a estudar.
Recolhem-se os dados, directa ou indirectamente, através dos questionários e das entrevistas, analisa-se os dados e generaliza-se ao universo da população as conclusões tiradas de amostra.
Método do Estudo de casos ou de Análise intensiva:

Sem comentários:

Racismo.

Racismo - Trabalho realizado pela Ritinha - Rita Mendes - 12º 3.

Antonio Valdez Entrevista Edite Rosario.mp3

Dia do Professor

Parabéns António Valdez!

Parabéns António Valdez!
in: "Jornal da Região", de 9 a 15 de Outubro de 2007.

SOCIOLOGIA - Vídeos no youtube.