Seomara da Costa Primo

Comenta, Critica, Sugere...

sábado, 1 de março de 2008

Reprodução Social

Reprodução Social e Mudança Social:

REPRODUÇÃO SOCIAL
Processo de constante renovação da produção material e cultural dos seres humanos, processo esse determinado pelas necessidades de produção e reprodução económicas e pelo interesse da classe dominante em manter a ordem social.
Jorge Pité, Dicionário de Sociologia, Editorial Presença, 2ª edição, 2004, Lisboa

REPRODUÇÃO CULTURAL E REPRODUÇÃO SOCIAL
De acordo com o sociólogo francês Pierre Bourdieu, reprodução cultural é o processo social pelo quala culturas são reproduzidas através de gerações, sobretudo pela influência socializante de grandes instituições. Bourdieu aplicou o conceito, em especial, a maneira como instituições sociais, como escolas, são usada para transmitir idéias culturais que servem de base e dão respaldo à posição privilegiada das classes dominantes ou governantes.
A reprodução cultural faz parte de um processo mais amplo de reprodução social através do qual sociedades inteiras e suas características culturais, estruturais e ecológicas são reproduzidas por um processo que invariavelmente envolve certo volume de mudança. Da perspectiva marxista, a reprodução social é sobretudo de escopo económico, incluindo as relações de produção, as forças produtivas e a FORÇA do TRABALHO da classe operária. Em sentido mais vasto, contudo, ela inclui muito mais do que isso, da forma das instituições religiosas e linguagens às variedades de música e outros produtos culturais.
Dicionário de Sociologia, Allan G. Johnson, Jorge Zahar Editor, 1997, Rio de Janeiro
+++
As Instituições Sociais e a Reprodução Social
Noção de Reprodução Social
.
Reprodução Social – acção da sociedade no sentido da manutenção da ordem social e da perpetuação das condições em que a vida social se desenrola (Gallo).

Conjunto de acções e mecanismos sociais orientados no sentido de assegurar a ordem social estabelecida (status quo ou establishment).

Necessidade de Reprodução das Condições Sociais de Produção
Uma formação social ou sociedade é solicitada, em cada momento, a produzir os bens necessários à sua sobrevivência imediata.
Porém, a sua continuidade exige também que sejam garantidas as possibilidades futuras da produção. Cada formação social deve assegurar-se de que as gerações vindouras poderão continuar a produzir, garantindo, assim, a sua reprodução.
Ao assegurar a reprodução material, a sociedade deverá garantir também a sua reprodução cultural e ideológica.
Se os valores, ideias e modelos que sustentam o funcionamento de uma sociedade e que traduzem sempre uma certa hierarquia social não forem reproduzidos, esses alicerces sociais transforma-se-ão e, com eles, todas as características da formação social.
A reprodução cultural e ideológica assegura a aceitação do sistema de estratificação social vigente.
.
A reprodução dos meios de produção
A actividade produtiva deverá produzir não só os bens essenciais à nossa subsistência imediata, como prover à substituição dos meios de trabalho deteriorados, à reprodução das matérias-primas agrícolas e industriais, à utilização racional dos recursos naturais renováveis e não renováveis...
.
A reprodução da Força de trabalho
A reprodução dos meios de produção não chega para que haja a garantia de continuidade do processo produtivo.
A reprodução da força de trabalho é condição indispensável à reprodução social.
A reprodução da força de trabalho exige que cada um de nós tenha acesso aos resultados da produção.
Nas formações sociais em que os indivíduos se situam em estratos e classes sociais que se posicionam de forma diferenciada face à propriedade dos meios de produção, a reprodução da força de trabalho tem sido assegurada pelo salário.
O salário deverá assegurar a reprodução da força de trabalho, garantindo a sobrevivência dos trabalhadores e ainda dos seus descendentes, pois são eles que irão garantir a continuidade do processo produtivo.
.
A reprodução das relações sociais de produção
.
Relações sociais de produção – relações que se estabelecem entre os detentores dos meios de produção e os detentores da força de trabalho.
A reprodução social reproduz, também, o sistema de estratificação social que caracteriza a formação social.

.
Classes e estratos dominantes vêem manter-se a sua situação de dominação.
.
A reprodução de certo sistema de hierarquias exige que se mantenham os diferentes tipos de relações que se estabelecem entre os indivíduos, ao longo do processo produtivo.
As relações de dependência e de subordinação deverão ser reproduzidas, como factor imprescindível à reprodução do modo de produção dominante.
A reprodução social exige, pois, não só a reprodução das forças produtivas, isto é, a força de trabalho e os meios de produção, mas também a reprodução das relações sociais de produção.
Em todo este processo de reprodução social, a ideologia tem um papel fundamental.

1 comentário:

maria disse...

Parabéns pelo excelente blog!

Racismo.

Racismo - Trabalho realizado pela Ritinha - Rita Mendes - 12º 3.

Antonio Valdez Entrevista Edite Rosario.mp3

Dia do Professor

Parabéns António Valdez!

Parabéns António Valdez!
in: "Jornal da Região", de 9 a 15 de Outubro de 2007.

SOCIOLOGIA - Vídeos no youtube.